Elenco materiali didattici

Cognome Nome Titolo Descrizione File allegato Tipo materiale Data aggiornamento
Netto Salomão Sonia LM I e II - Lezione del 19/05/2020

Texto para leitura e discussão na aula de 19/05/20

Linguagem e contexto - A. V. Tavares Macedo

PDF icon Linguagem e contexto.pdf Didattico 15-05-2020
Netto Salomão Sonia Clarice Lispector - Traduzione Avanzata

A vida íntima de Laura. (C. Lispector)
Ler o conto e prestar atenção às seguintes estruturas, do ponto de vista tradutório:
1.      «Vou logo explicando o que quer dizer “Vida íntima”.» (1° parágrafo)
2.      «quer dizer que a gente...» [...] «na casa da gente».
3.      «Dou-lhe um beijo na testa se você adivinhar. E duvido que você acerte! Dê três palpites».
4.      «É uma galinha muito da simples».
5.      «Mas briguinha à-toa».
6.      «  Tem  gente que  acha  ela burríssima,  mas  isto  também  é  exagero:  quem  conhece  bem  Laura  é que  sabe  que  Laura  tem  seus  pensamentozinhos  e  sentimentozinhos».
7.      «Laura vive apressadinha. Por que tanta pressa, oh Laura? Pois ela não tem nada o que fazer. Esta pressa é uma das bobagens de Laura. Mas  ela  é  modesta:  basta-lhe  cacarejar  um  bate-papo  sem-fim  com  as outras  galinhas».
8.      «Só uma galinha é diferente delas: uma carijó toda de enfeites preto e branco. Mas elas não desprezam a carijó por ser de outra raça. Elas até parecem saber que para  Deus não existem essas bobagens de raça melhor ou pior». 
9.      «Come cada porcaria! Mas não é tão burra assim. Por exemplo: não come pedaço de vidro. Sabida, hein?  ».
10.  «Porque ela é muito vaidosa e gosta muito de estar bem-arrumada».
11.  «Laura recebeu a visita das amiguinhas dela,...»
12.  «Quando eu era do tamanho de você, ficava horas e horas olhando para as galinhas. Não sei por quê. Conheço tanto as galinhas que podia nunca mais parar de contar.»
13.  «É  engraçado  gostar  de  galinha  viva  mas  ao  mesmo  tempo também  gostar  de  comer  galinha  ao  molho  pardo.  É  que  pessoas  são uma gente meio esquisitona». 
14.  «— Olá bicho. Como é que você     se chama?  — Xext, respondeu ele.   — Falou, tá falado, disse Laura. E  perguntou:  quer  que  eu  peça  a  Luís  para  cantar a  sua  vinda?  — Não, disse Xext, porque ele acordaria todo mundo. E não valia a  pena  porque  as  pessoas  não  acreditam  em  mim,  pensam  que  sou fantasma.»

 

PDF icon ClariceLispector(1) A vida íntima de Laura.pdf Didattico 10-12-2020
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, As lágrimas de Heráclito, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon VIEIRA Heráclito.pdf Didattico 06-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 6.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 7.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 8.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 9.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco10.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 11.pdf Didattico 02-11-2019
Netto Salomão Sonia LM 37 Traduzione 2019

A. Vieira, Sermões italianos, a cura di S. Netto Salomão

PDF icon S. Francesco 13.pdf Didattico 02-11-2019

© Università degli Studi di Roma "La Sapienza" - Piazzale Aldo Moro 5, 00185 Roma